Leitura de Mentes 023 – Mulheres no RPG

download

botao feed

209x48-doar-laranja-assina

Olá ouvintes De Mentes! 

Mulheres no RPG é um assunto complicado, mas precisa ser conversado. Por isso convidamos Medora do podcast Rádio Budega e também a CACAU (kkw) para falar um pouco sobre a visão feminina dentro da cena do RPG nacional, sobre os preconceitos que tiveram que aprender a lidar e também falando um pouco sobre feminismo, o que é e como se diferencia do femismo. Um assunto pesado que tratamos com a seriedade necessária, porém com o bom humor dessas duas garotas fantásticas! Então abra sua mente e ouça esse episódio que está sensacional!

(o ministério da saúde adverte: em caso de prepotência, agressividade e insegurança, um pouco de respeito, alegria e amor devem ser ministrados em doses xigantes! =D)

Sugestões, reclamações e elogios podem ser encaminhados para: contato@cronicasdementes.com.br Assine nosso feed, siga o crônicas no twitter (@cdmentes) e curta nossa página no facebook (facebook/cronicasdementes).

Links citados no episódio:
– Rádio Budega
– Texto J. M. Trevisan – O Nerd Padrão é Imbecil e Preconceituoso
– Animefriends/EIRPG
– Blue Rose – Velhinho RPG
– Imagem resultado do sorteio: Despreparado? Nunca!

Músicas do episódio: Knock Galley West – The Undead West
The Wavers – Surfin Mosquito Sim Band –
02 – Tank Girl Opening Credits – Girl U want
03 – Efrem_Scacco_-_On_the_sand
04 – Ton_-_my_own_landscape
05 – Josh Woodward _Instrumental Versions_ – Cherubs _Instrumental Version
06 – Kara_Square_-_Who_s_the_Man___Instrumental
07 – Efrem_Scacco_-_Thoughts
08 – Josh Woodward – Mona Lisa (Instrumental Version)
09 – Girls just wanna have fun (Cyndi Lauper)- fingerstyle guitar
10 – The Distance – Girls Just Wanna Have Fun (acoustic cover).mp3
The Hypnotunez – Swing me UpLicença Creative CommonsEste trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.  

Anúncios

2 comentários sobre “Leitura de Mentes 023 – Mulheres no RPG

  1. Eu jogo com amigo, e geralmente faltam garotas na mesas, já que meus círculos acabam sendo compostos por uma game muito grande de homens…. Das vezes que eu joguei com garotas, nenhum comentário, foram jogadoras como quaisquer outras.

    Muito bom o programa, demonstrando uma maturidade invejável.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Acho que esta questão de inserir elementos depreciativos (cenas de abuso, humilhação, etc.) deva ser relativizada dentro do conceito do jogo. O que seria de minha Fúria Negra sem um sexistas para ela dilacerar? Falo isso porque nem sempre a questão do RPG é uma evasão da realidade, ele as vezes é uma imersão em uma realidade piorada, jogos como WOD, Kult e cia são exemplos disso, daí depende da proposta do grupo, que é claro deve partir de um acordo, a ideia de linhas e véus do violentina é boa para pensar nisso. De qualquer forma essas cenas não devem ser trabalhadas como “qualquer coisa”, remetem ao medo de uma violação que atinge tanto o corpo, quanto a psiquê, e devem ser trabalhadas de forma cuidadosa e com viés trágico. De resto ser exposto e lutar contra um mal existente, pode ser uma ferramenta de conscientização contra esse mal, mas tome cuidado a fronteira entre o desconforto e a humilhação é tênue. Temas adultos são adultos não porque envolvem sexo mas porque exigem maturidade para se lidar com eles e essa não está relacionada apenas à idade.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s